Pular para o conteúdo principal

CAMPO DEI FIORI

O Campo de Fiori é um espaço aberto em frente ao teatro de Pompéia. Era a área mais movimentada da Roma medieval e renascentista, local onde cardeais e nobres se encontravam com os estrangeiros e com os peixeiros no mercado da praça.

No centro da praça existe uma estátua do filósofo Giordano Bruno, que em 1600 foi queimado vivo pela Santa Inquisição devido a defesa de idéias tais como o heliocentrismo (assim como Galileu Galilei, afirmou  que a Terra é que girava em torno do Sol e não o contrário).

Giordano Bruno

O Campo dei Fiori é a única praça em Roma na qual não há pelo menos uma igreja.

Todos os dias, exceto aos domingos, lá ocorre um dos maiores mercados de Roma, onde são oferecidos flores e alimentos frescos. Suas barracas abastecem muitos restaurantes próximos e os jovens compram roupas na via dei Giubbonari. Restaurantes e pizzarias com bons preços mantém a área animada até bem tarde.