Pular para o conteúdo principal

GEORGE WASHINGTON BRIDGE

Embora não seja tão famosa quanto a do Brooklyn, esta ponte tem características e história peculiares. Os planos de se fazer uma ponte ligando Manhattan a Nova Jersey ficaram no papel por mais de 60 anos, até que o governo municipal levantou os 59 milhões de dólares necessários para financiar o projeto. O engenheiro Othmar Ammann sugeriu que a ponte fosse rodoviária, em vez de ferroviária, o que barateou muito o projeto.

No projeto inicial as duas torres seriam revestidas em alvenaria, mas o dinheiro não deu e ficou à mostra o esqueleto de uma elegante estrutura de 183 metros de altura e 1.065 metros de comprimento.

Ammann também previu a construção de uma segunda pista, abaixo da primeira, e ela foi adicionada à ponte em 1962, aumentando muito sua capacidade.

Hoje em dia a George Washington é uma ligação vital para o tráfego diário e constante das pessoas que trabalham em Manhattan.  É a ponte com maior movimento de veículos a motor no mundo.