Pular para o conteúdo principal

AMERICAN MUSEUM OF NATURAL HISTORY

O prédio original do Museu Americano de História Natural foi inaugurado em 1877. O complexo se expandiu e hoje ocupa três quarteirões que contém mais de 36 milhões de objetos, recebendo anualmente mais de 5 milhões de visitantes.

As seções mais concorridas são as dos Dinossauros, dos Meteoros e o Salão de Minérios e Pedras Preciosas, que contém joias avaliadas em 50 milhões de dólares.

Apesar do museu já ter passado por diversas obras e projetos de ampliação, a sua fachada permanece intocada desde a década de 30, objetivando preservar ao máximo a construção original no estilo de arquitetura vitoriano.

Ao iniciar a visita ao museu, logo no primeiro andar, é interessante passar pela Galeria dos Mamíferos, na qual diversas espécies de animais conservados através de taxidermia estão expostos em ambientes que representam de forma detalhada os seus habitats naturais.

Mamíferos Museu de História NY
Galeria dos Mamíferos

Ainda no primeiro andar, também está a Galeria da Vida Oceânica, responsável por mostrar várias espécies de animais marinhos já extintos, que através de um processo evolutivo de milhares de anos deram origem as espécies marinhas que possuímos atualmente.

A exposição dos dinossauros, localizada no quarto andar, é a preferida de grande parte dos visitantes, pois além de conter esqueletos de vários dinossauros como o Tiranossauro Rex e o Triceratops, ela é também a maior e mais completa coleção de fósseis do mundo.

Na Galeria Espacial, é possível conhecer mais sobre o Sistema Solar e a importância dos planetas que fazem parte dele.

Já na parte do museu dedicada aos índios que habitavam a América do Norte, estão expostos vários utensílios e ferramentas utilizadas por esses povos, além de conter ótimas representações de como esses índios viviam em sociedade.

Destaques

Barossauro: o museu tem a mais completa coleção da espécie barossauro. A maior parte desta exposição é composta de moldes tirados dos fósseis originais.

Barossauro: o museu tem a mais completa coleção da espécie barossauro
Barossauro

Elefantes do leste da África: foram caçados e montados na década de 1920 por Carl Akeley, que criou o Salão de Mamíferos Africanos do museu.

Elefantes do leste da África
Elefantes do leste da África

Baleia azul: é o maior de todos os animais, vivos ou extintos. Seu peso pode superar 150 toneladas. A réplica do museu baseia-se em uma fêmea capturada em 1925 na costa sul dos Estados Unidos.

Baleia Museu de História NY
Baleia Azul

Dragões Komodo: estes lagartos de até 3 metros são os maiores que existem. Vivem em Komodo e ilhas a leste da Índia.

Canoa Haida: esta canoa de guerra dos índios ainda tem 9,7 metros de comprimento e foi entalhada no tronco de um cedro.

Estrela da Índia: esta gema de 563 quilates é a maior safira “estrela azul” do mundo. Encontrada no Sri Lanka, foi doada ao museu por J.P. Morgan em 1901.