Pular para o conteúdo principal

GASTRONOMIA

Bruxelas é conhecida por seus wafels, chocolates, batatas fritas e os seus inúmeros tipos de cervejas.

A culinária de Bruxelas é caracterizada pela combinação de cozinha francesa com pratos saudáveis de origem flamenga (região de Flandres, ao norte da Bélgica). Na grande parte dos pratos são utilizados o wafel, e mexilhões (ou “moules”) fritos, servido com batatas fritas.

moules frites

Bastante consumido também é o mitraillete (em francês “mini metralhadora”) que é batata frita duas vezes e coberta com molho, servida dentro de uma baguete com carne. Pode ser servida no pão do tipo sírio e recebe o nome de dürüm.

Mitraillete

Quanto aos wafels, (pronuncia-se váfel, que nós e os americanos chamamos de waffles), existem dois tipos:

Gaufre de Bruxelles é um retângulo espesso, com grandes orifícios, massa esponjosa e exterior crocante.

Já o Gaufre liégeoise é menor, com forma irregular, e é sem dúvida mais saborosa porque tem pedaços de açúcar.

Outro prato típico é o waterzooi, um guisado com peixe ou frango. Também populares são os Chicons au gratin (endívias enroladas no presunto e gratinadas com creme de queijo) e Carbonnades flamandes/stoverij (carne refogada na cerveja belga acompanhado de batatas fritas).

Carbonnades flamandes

A Bélgica não é o maior produtor de chocolate, mas é de lá que saem os melhores e mais adorados chocolates do mundo. Não é um exagero chamar Bruxelas de “Capital Mundial do Chocolate”.

A cidade abriga várias empresas fabricantes de chocolates e bombons, como o Neuhaus, Leonidas, Godiva, Elizabeth e Guylian.