Pular para o conteúdo principal

GASTOWN

Gastown é uma das áreas mais antigas de Vancouver que se tornou uma agradável mistura de ruas pavimentadas de pedregulhos, construções restauradas do século 19 e lojas.

O grande destaque do bairro é o STEAM CLOCK, o relógio a vapor que fica na interseção da Cambie Street com a Water Street. O relógio soa a cada 15 minutos e possui um mecanismo parcialmente acionado por vapor d’água e, embora se pareça com uma antiguidade da Era Vitoriana, foi montado em 1977. Ele foi o primeiro desse tipo a ser construído.

STEAM CLOCK
Steam Clock

A expansão de Gastown ocorreu em torno de uma taverna, inaugurada em 1867 para atender a trabalhadores de serrarias e marinheiros de passagem. O proprietário do bar era John “Gassy Jack” Deighton, apelidado desse modo em função de sua natureza comunicativa (um dos significados de “gassy” é “tagarela”). Uma estátua de bronze o saúda na Maple Tree Square.

Gassy Jack
Gassy Jack

Como a taverna mais próxima ficava a 32 quilômetros de distância, o estabelecimento de Deighton tornou-se o núcleo da pequena cidade, em uma região da costa oeste do Canadá composta em sua maioria por terras selvagens. O jovem município, cujo nome foi inspirado em Gassy Jack, e o bar prosperaram graças à serraria e ao porto, tornando-se a renomada cidade de Vancouver.

Após a Grande Depressão mundial na década de 1930, o bairro passou por dificuldades. A cidade se expandiu na direção oeste e teve seu nome alterado para Vancouver, fazendo com que Gastown caísse no esquecimento. Na verdade, nos anos 1970 sua situação ficou tão precária que foi levantada a possibilidade de demolição do bairro. Porém, com uma grande campanha pública organizada por donos de imóveis locais, foi possível persuadir o governo provincial a poupar Gastown da demolição.