Pular para o conteúdo principal

PAVILHÃO FLUTUANTE

O Pavilhão Flutuante é uma estrutura flexível, totalmente desmontável e autossustentável construída na cidade de Roterdã, com o objetivo de enfrentar os desafios da mudança climática, considerando que o clima global está se modificando. A Holanda é um dos países que mais pode sofrer, sobretudo pelas inundações causadas pelas chuvas crescentes e a elevação do nível do mar.

A inovadora estrutura é composta por três domos em forma de bolhas interconectadas. Sua superfície total equivale a quatro quadras de tênis, e a esfera maior tem 12 metros de altura. As paredes translúcidas são feitas de um plástico anticorrosivo e resistente chamado ETFE. Cem vezes mais leve que o vidro, é ideal para uma estrutura flutuante. O pavilhão é totalmente abastecido por energia solar.

Seu objetivo é ser um piloto para técnicas de construções flutuantes, inovadoras e sustentáveis e foi usada no centro de exibição para tal. Para economizar peso, a estrutura possui janelas laminadas em vez de vidro e com suas luzes de LED oferecem uma vista peculiar durante a noite.

Atualmente é utilizado como sede de eventos e exposições. Para isso, conta com um auditório que pode abrigar grupos de até 150 pessoas.

Trata-se de um projeto piloto que é um catalisador para a mudança climática projetado pela Delta Sync y Public Domain Architects.