Pular para o conteúdo principal

GASTRONOMIA

Em Roma você sempre irá achar um bom restaurante que ofereça um menu a bom preço. Até a casa mais simples oferecerá um cardápio com:

  • antipasto (entrada ou saladinha),
  • primo piatto (normalmente um prato de arroz, pasta ou sopa),
  • secondo piatto (prato principal, carne, ave ou pescado),
  • contorno (acompanhamento) e
  • dolce (sobremesa).

Alguns oferecem até uma taça de vinho da casa e café. Caso você queira pular um dos pratos (comendo, por exemplo, só a entrada e o prato principal), tudo bem. Tudo é muito flexível, e os preços são convidativos.

Outra opção de refeição rápida são as casas de pizza al taglio, que vendem pedaços de pizza.

Pizza al taglio

Os cafés são de excelente qualidade, não só pela bebida em si, mas também pelos doces e pães.

Pratos romanos clássicos são o carciofi alla giudia (alcachofras judias) e fiori di zucca fritti (flor de abobrinha frita).

Locais típicos:

  • restaurante
  • trattoria (mais familiar e informal)
  • pizzeria, osteria (ótimo para beber vinhos, onde servem pequenas porções de comida)
  • birreria (cervejaria).

Na Itália, encontra-se também muitas rosticcerias, que são lugares especializados em algum tipo de comida para comprar e fazer em casa (queijos, pães, etc.). Sentar à mesa aumenta o preço. Pratos tradicionais são pastas (macarrão), pizzas e formaggi (queijos pasteurizados). Bebidas: vini (vinhos) principalmente, capuccino, licores, aperitivos e grapas.

As massas típicas em Roma são: bucatini all’amatriciana, molho de tomate picante com pancetta (bacon); penne all’arrabbiatta, também molho de tomate picante com pimentão; spaghetti carbonara, com bacon, ovo e queijo. Também muitas comidas preparadas com miúdos, como paiata, com intestino de vitela.

Penne all’arrabbiata