Pular para o conteúdo principal

CHELSEA MARKET

O prédio em que hoje se encontra o Chelsea Market foi construído no final do século XIX, e funcionou durante várias décadas como a fábrica da Nabisco, conhecida pela produção dos famosos biscoitos Oreo.

Nos anos 90, o dono do local decidiu reestruturá-lo, mantendo as características originais da construção, nas quais os tijolos e a madeira eram os elementos mais marcantes. Desse modo, o prédio manteve sua aparência rústica e ao mesmo tempo cosmopolita, um estilo de arquitetura bastante comum nessa região de Nova York.

Foi inaugurado em 1996, chamando a atenção tanto pelos produtos e alimentos que oferece, como também por sua estrutura grandiosa, sendo considerado patrimônio histórico pelo Registro Nacional de Lugares Históricos dos Estados Unidos.

Amplo e com um estilo industrial moderno, o mercado oferece restaurantes, cafeterias, bares, além de livrarias, floriculturas e outros tipos de lojas, sendo assim um ambiente bastante eclético, ideal para os turistas que querem conhecer mais sobre a cultura e o dia a dia da população nova-iorquina.

Em relação aos restaurantes, é possível escolher entre as várias nacionalidades: comida chinesa, marroquina, japonesa, alemã, mexicana, italiana, coreana e indiana, entre outras.

Sugestões: o italiano Giovanni Ranna Pastifício (com o restaurante e a área ‘to go’ com pratos mais acessíveis), os frutos do mar e a famosa lagosta do Lobster Place, os hambúrgueres do Creamline, os sanduíches vietnamitas do Num Pang, os tacos do Tacos Nº 1 e os brownies do Fat Witch.