Pular para o conteúdo principal

CAFARNAUM

Cafarnaum era também conhecida como “a cidade de Jesus” e foi lar dos apóstolos Tiago, João, André e Pedro. Segundo o Novo Testamento, foi o local do ministério de Jesus e presença constante de cristãos. Tornou-se a cidade centro da atividade evangelizadora de Jesus de Nazaré, na qual estabelecera a sua residência após sair de Nazaré.

Ficava na margem norte do Mar da Galileia, próxima de Betsaida e Corozaim. Muito perto passava a importante Via Maris (Estrada do Mar), que ligava o Egito à Síria e ao Líbano e que passava por Cesareia Marítima.

Até o século passado era um lugar abandonado, com montes de pedras sobre o terreno. Os franciscanos adquiriram o terreno e iniciaram as escavações.

Hoje é um sítio arqueológico, e acredita-se que seja o local da sinagoga onde Jesus ensinava seus seguidores e onde realizou muitos milagres e prodígios:

  • Curou a sogra de Pedro (Mt 8:14).
  • Ensinou na sinagoga aos sábados (cf. Mc 1,21; Lc 4,31; Jo 6,59).
  • Curou um criado do centurião romano (cf. Mt 8,5-13).
  • Curou um paralítico apresentado a Jesus numa abertura no teto em que se encontrava (cf. Mc 2,1-12).
  • Expulsou o espírito impuro (demônio) de um homem na sinagoga (cf. Lc 4,33-37).
  • Discutiu com os cobradores de impostos sobre o pagamento dos tributos devidos ao Templo (cf. Mt 17,24-27)
  • Presenciou a discussão dos Doze sobre quem seria o maior dentre eles (cf. Mc 9,33-37)
  • Amaldiçoou a cidade, entre outras, devido à sua incredulidade e à sua recusa ao arrependimento (cf. Mt 11,23; Lc 10,15)
  • Curou o filho de um funcionário do rei (cf. Jo 4,46-54).
  • Pregou o discurso sobre o “pão da vida”, escandalizando muitos de seus discípulos (cf. Jo 6,59-66).

O local onde foi identificada uma construção do século I é preservado e identificado como a Casa de Pedro, onde Jesus estivera muitas vezes.

A igreja construída sobre as escavações é de 1986.