Pular para o conteúdo principal

IGREJA DO SANTO SEPULCRO

A Igreja do Santo Sepulcro é considerada pelos cristãos como sendo o local da Crucificação, Sepultamento e Ressurreição de Jesus. É um dos locais mais sagrados da cristandade.

A Igreja é de propriedade e administração das igrejas Católica Romana, Católica Ortodoxa, Armena, Ortodoxa Copta, Ortodoxa Siríaca e a Igreja Ortodoxa Etíope.  Os direitos e os privilégios destas comunidades são protegidos pelo Status Quo dos Lugares Santos (1852), conforme estabelece o Artigo LXII do Tratado de Berlim (1878).

Principals destaques:

Altar da Crucificação

No lado sul do altar há uma escada para o Calvário (Gólgota), considerado como o local da crucificação de Jesus. O altar-mor contém a rocha do Calvário. A pedra pode ser vista sob um vidro em ambos os lados do altar, e por baixo deste está o local onde a cruz foi levantada junto com os dois malfeitores.

A Capela da Pregação da Cruz no altar ao lado pertence aos católicos romanos (franciscanos). À esquerda do altar, do lado da capela ortodoxa oriental há uma estátua de Maria, onde o corpo de Jesus foi retirado da cruz e entregue a sua família.

Sob o Calvário está a Capela de Adão. Segundo a tradição religiosa medieval, Jesus foi crucificado sobre o lugar onde o crânio de Adão foi enterrado.

Altar da Crucificação

Também há muitas pinturas na parede e no teto retratando temas bíblicos, como a tentativa de sacrifício de Abraão com seu filho Isaac.

Pedra da Unção

A Pedra da Unção pode ser vista na entrada da igreja. É o local onde o corpo de Jesus foi preparado para o sepultamento por José de Arimateia e Nicodemos.

Pedra da Unção

As lâmpadas que pendem sobre a pedra são doadas por comunidades cristãs: 4 são fornecidas pelos armênios e 13 pelos coptas, gregos e latinos.

Rotunda e edícula

A Rotunda está localizada no centro do Anastasis, abaixo da maior cúpula da igreja. No centro da Rotunda está uma pequena capela chamada de Edícula, onde está o santo sepulcro propriamente dito, sendo portanto o local mais sagrado da igreja. A Edícula tem dois quartos, o primeiro é a Capela do Anjo, onde se encontra um fragmento da pedra grande que selou o túmulo; no segundo está o próprio túmulo.

Santo Sepulcro (Edícula)

Catholicon e Ambulatório

O Catholicon grego fica ao lado leste da rotunda e é a maior área da basílica.

Ao norte está a chamada Prisão de Cristo, sendo definido por franciscanos como o local da prisão de Jesus.

Catholicon

Para os Ortodoxos gregos o verdadeiro lugar da prisão de Jesus é o Mosteiro da Praetorium, localizado perto da Igreja de Ecce Homo. Os armênios consideram como sendo o Mosteiro da Flagelação, na Via Dolorosa. Outros dizem que a Prisão de Jesus pode ter sido em uma cisterna entre as ruínas, perto da Igreja de São Pedro em Gallicantu.

Ao leste no ambulatório há três capelas:

Capela grega de São Longino:  São Longino foi um soldado romano que, segundo o Novo Testamento, perfurou Jesus com uma lança.

Capela Armênia da Divisão de Vestes:  local onde os soldados romanos teriam lançado sortes para verem qual deles ficaria com a roupa de Jesus.

Capela grega do Derision.

Composto Armênio

Capela de Santa Helena, Capela de São Vartan e Capela do descobrimento  da Santa Cruz (acredita-se ser o lugar onde a Cruz foi encontrada).