Pular para o conteúdo principal

IGREJA DA NATIVIDADE

A Igreja da Natividade, localizada em Belém, é a mais antiga igreja em atividade no mundo. Foi encomendada no ano 327 pelo imperador Constantino I e sua mãe Santa Helena, e construída sobre o local em que Jesus nasceu.

Foi destruída pelo fogo e reconstruída no século VI, e posteriormente usada até 1131 como o local de coroação dos reis europeus da época das Cruzadas, e desde então tem sido amplamente expandida.

O complexo de 1.200 metros agora inclui a basílica principal administrada pela Igreja Ortodoxa Grega, a Igreja Católica Romana, a Igreja de Santa Catarina, no estilo gótico Revival, a Gruta que é o santuário subterrâneo local do nascimento de Jesus, e uma escultura em baixo-relevo da Árvore de Jessé, símbolo da genealogia de Jesus, legado à igreja pelo Papa Bento XVI em 2009.

Em razão de os muçulmanos considerarem Jesus como sendo o segundo maior profeta islâmico, o local é considerado sagrado tanto para o cristianismo como para o islamismo.

Atualmente ela pertence a Igreja Ortodoxa Oriental, a Igreja Armênia e a ordem dos monges franciscanos.

Local do nascimento de Jesus

Listado como Patrimônio em 2012, este é o primeiro local da UNESCO na Palestina. O processo de nomeação provocou forte oposição dos Estados Unidos e de Israel.