Pular para o conteúdo principal

PARQUE DAS ESTÁTUAS E MEMENTO PARK

O Parque das Estátuas é um museu sob a forma de parque onde se encontram quase todas as estátuas da era comunista da Hungria, instaladas em praças no passado.

O parque foi ampliado para incluir o Memento Park (Szoborpark), de onde se vê a tribuna de Stálin.

Destaques

  • Karl Marx e Frederick Engels: os autores do Manifesto Comunista estão próximos um ao outro, sob um arco à direita da entrada.

    Karl Marx e Frederick Engels
  • Tribuna de Stálin: a tribuna serviu como pedestal para uma estátua de Stálin com 8 metros, feita de bronze. Durante o levante húngaro de 1956 a estátua foi demolida, restando apenas suas botas.
  • Memorial da Amizade Húngaro-Soviética: o afeto entre a Hungria e a União Soviética, vista como invasora, nunca foi intenso. Porém, a estátua de um trabalhador húngaro saudando um soldado do Exército Vermelho sugere o contrário.

    Memorial da Amizade Húngaro-soviética
  • Memorial ao Conselho das Repúblicas: essa vistosa estátua de 10 m de altura estimula o espectador a admirar a revolução, e esse era o objetivo de seus construtores. O memorial foi criado justamente para aumentar o desejo dos húngaros em proteger seu país dos invasores.

    Memorial ao Conselho das Repúblicas
  • Trabant: o famoso “carro do povo” que era fabricado na antiga Alemanha Oriental.
  • George Dimitrov: estátua do líder do Partido Comunista no período entre 1945 a 1949.
  • Memorial do Movimento Operário: essa escultura de duas grandes mãos segurando um globo simboliza a classe operária às vésperas de conquistar o mundo e criar o esperado paraíso dos oprimidos.

    Memorial do Movimento Operário

Curiosidade

A disposição do Parque das Estátuas não foi casual; contou com um projeto cuidadoso elaborado pelo arquiteto Ákos Eleöd, que queria criar um parque temático “antipropaganda”. Em suas palavras, “poderia ser um lugar dedicado à ditadura, mas o fato de estar aqui e permitir que se discuta o passado faz desse parque um espaço pensado para promover a democracia”.