Pular para o conteúdo principal

PARLAMENTO

O Parlamento (Országház) foi construído entre 1884 e 1902 para acomodar a Assembléia Nacional, e continua sendo um orgulho cívico da cidade. Instalado à beira do rio Danúbio, seus pináculos e a bela simetria podem ser admirados da outra margem do rio.

É o edifício mais imponente de toda a cidade, com mais de 250 metros de comprimento e 100 de altura. Foi construído em estilo neogótico, inspirado no Parlamento britânico.

Destaques

  • Escadaria: abriga lindos afrescos no teto; um deles é a Glorificação da Hungria, que retrata passagens importantes da história do país.
  • Entrada principal: foi inspirada no Parlamento britânico, com esculturas de dois imensos leões.
  • Jóias da Coroa de Santo Estêvão e o cetro real: foram banidos da Hungria após a Segunda Guerra e escondidos nos EUA até 1978, quando foram levados para o Salão do Domo.
  • Salão do Domo: é o coração do Parlamento. O ambiente homenageia 16 reis húngaros. Atualmente o local é usado para cerimônias oficiais.

A cúpula de 16 lados foi projetada e forma a ampliar a sensação de espaço. Cada um dos 16 pilares que sustentam o domo abriga uma estátua e um brasão de armas de um regente húngaro.

  • Salão da Assembléia: é o local de encontro do Parlamento. A marca de bala sobre o púlpito remonta a 1912, quando o político István Tisza foi vítima de um atentado.

Destacam-se também: a Sala da Delegação, a tela de Munkácsy “A Conquista”, o Salão do Congresso e o Gabinete do Primeiro-ministro húngaro (fechado aos visitantes).