Pular para o conteúdo principal

INTRODUÇÃO

Budapeste é a capital da Hungria, na Europa central. Foi a segunda cidade mais importante do império austro-húngaro sob o comando da dinastia Habsburgo.

Tem 1.740.041 habitantes (estimativa 2012) e 525 km² (um terço da cidade de São Paulo). A moeda é o forint e o idioma local é o húngaro.

É uma cidade de dois lados, dividida pelo famoso rio Danúbio. Na margem oeste está Buda e na margem leste está Peste. São ligadas entre si por 10 pontes. Buda tem muitas colinas, enquanto Peste é mais plana.

A cidade tem o título de “Rainha do Danúbio” e é a única capital nacional no mundo que possui águas termais, sendo por isso altamente turística, oferecendo muitos spas e hotéis.

É também um importante centro cultural, educativo e científico. Budapeste foi fundada em 1873 com a fusão das cidades de Buda e Óbuda, na margem direita do Danúbio, e Peste, na margem esquerda. A pequena cidade Aquincum fundada pelos romanos em 106 d.C. corresponde à região de Óbuda. Buda e Peste têm a origem numa remota língua eslava. O nome Buda significa água e Peste significa forno ardente para fabricar ladrilhos. Os termos estão relacionados com as fontes termais da cidade.

INDÚSTRIA

Budapeste é a cidade mais importante da Hungria no que diz respeito à indústria. As fábricas da cidade produzem equipamentos eletrônicos e de comunicações, produtos químicos, roupas e alimentos.
Existem também indústrias de montagem de ônibus, de barcos e de equipamentos ferroviários.

HISTÓRIA

Na antiguidade, os romanos já tinham construído uma cidade no lugar em que hoje fica Budapeste. Os húngaros chegaram a essa área no século IX. Depois, edificaram a cidade de Buda, que se tornou a capital do reino da Hungria no século XV.

Grupos de eslavos construíram Peste, que em seguida se tornou um polo comercial graças a alguns negociantes alemães. As duas cidades ficaram sob o domínio turco por algum tempo. Muitos prédios da cidade atual datam dos séculos XVIII e XIX, época em que a região estava sob o controle da Áustria.

Em 1873, Buda e Peste se uniram em uma só cidade. Os combates do fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, danificaram muito Budapeste. Depois da guerra, a Hungria estabeleceu um governo comunista sediado na cidade.

Em 1956, houve um levante contra esse governo, mas fracassou. Nos anos 1980, novos protestos, principalmente em Budapeste, levaram à queda do comunismo na Hungria.