Pular para o conteúdo principal

ESTÁTUAS DE BRATISLAVA

Os atrativos mais populares da cidade são personagens imortalizados em estátuas de bronze, espalhadas pelas ruas do centro histórico.

A estátua mais famosa de Bratislava é o “Cumil” que em eslovaco significa Observador. É um homem dentro de um bueiro, olhando para cima. Criado em 1997 pelo artista Viktor Hulik, o Cumil tem sorte de ainda não ter perdido a cabeça, já que alguns carros já o atropelaram. Por isso ele ganhou uma placa trânsito própria: “Man at work” (Homem trabalhando).

Há várias histórias que se contam a respeito da estátua de Cumil. Uma diz que ela representa um operário comunista que, muitas vezes, deixava de fazer seu trabalho por saber que tinha o seu emprego garantido pelo governo. Outra diz que seria o trabalhador que tinha dado uma pausa no seu trabalho para ficar olhando as belas pernas das mulheres que passavam à sua frente.

A praça principal foi o local escolhido para firmar outra estátua: “Soldado do Exército de Napoleão”. A história conta que as tropas napoleônicas passaram por Bratislava duas vezes e a estátua mostra o tipo de chapéu que Napoleão usou quando visitou o lugar em 1805.

Soldado do Exército de Napoleão

Schone Naci” é a estátua de um antigo habitante da cidade. Dizem que ele era pobre e sofria de doenças mentais, mas vivia andando pela cidade muito bem vestido, com um terno de camurça e um chapéu comprido, cumprimentando quem passasse por ele.

Schone Naci