Pular para o conteúdo principal

DDR MUSEUM

“DDR” ou Deutsche Demokratische Republik (República Democrática Alemã) era o nome oficial da Alemanha Oriental.

O museu está localizado às margens do rio Spree (praticamente sob a ponte Karl-Liebknecht) e em frente à Catedral de Berlim.

Aberto em 2006, o DDR Museum é um museu que mostra o estilo de vida comunista na Alemanha Oriental.

Os estilos de vida eram completamente diferentes nos dois países durante os anos da Alemanha dividida. A Alemanha Ocidental era capitalista, aberta, com sistema político democrático, enquanto a Alemanha Oriental era uma ditadura, comunista e fechada para o mundo ocidental. Estes fatores influenciavam fortemente o cotidiano das pessoas. Enquanto na Alemanha Ocidental as pessoas viviam o crescimento econômico do pós-guerra com muita fartura, as pessoas na Alemanha Oriental tinha que lidar com a escassez de produtos necessários para suprir necessidades básicas. A banana, por exemplo, que precisava ser importada, não tinha na Alemanha Oriental. Carro só existia um tipo, o Trabant, (ou Trabi como é mais conhecido) e que as pessoas não podiam simplesmente ir a uma loja e comprar. Elas tinham que fazer o pedido ao governo e esperar até 10 anos para receber.

Trabant (ou Trabi)

O acervo do museu foi montado com contribuições e doações de pessoas que moravam na antiga Alemanha Oriental. São muitos objetos e artigos para o lar, produtos típicos, roupas e brinquedos. Lá está também o Trabi, no qual se pode sentar ao volante; também há um apartamento típico da Alemanha Oriental onde na sala com uma TV pode-se assistir os canais disponíveis na época.