O crime de Mariana, a Renova(ção) dos bandidos e uma Sirene de luta

Gustavo Nolasco Vivi um dos momentos mais fortes da minha vida no último sábado, em Barra Longa, a convite dos atingidos pelo crime da Samarco/Vale/BHP/PrefeituraDeMariana/GovernoDeMinasGerais/União/PartidosPolíticos. Voltei a sentar numa roda de conversa na casa que ajudei a criar e de onde eu nunca deveria ter saído: o JORNAL A SIRENE. Passei o dia novamente com…