Precisamos continuar sonhando

Escritor, professor, historiador, pesquisador, folclorista, seresteiro, crítico musical e, sobretudo, jornalista. Esse perfil multifacetado pertence a Carlos Felipe Horta, um dos nomes mais respeitados do jornalismo mineiro, que iniciou sua carreira, no começo da década de 1960, no jornal Binômio, um dos pioneiros da mídia alternativa no Brasil, posteriormente fechado pela ditadura militar. Ao longo…